Não é novidade que os cursos de direito formam mais candidatos que o mercado absorve. O número total de registros profissionais nas regionais da OAB supera um milhão. O número de inscritos no exame da ordem supera anualmente os cem mil.

A maior parte dos advogados recém habilitados almeja entrar em uma grande banca e fazer carreira. É hora de pensar em alternativas.  

Fazer parte de uma banca renomada pode enriquecer sua visão sobre os processos administrativos e empresariais, sobre o fluxo de trabalho e até sobre as técnicas jurídicas no dia a dia do escritório. Porém, você deve avaliar a possibilidade de uma não evolução nesta sociedade, então comece logo a analisar este contexto como uma oportunidade de ter deu próprio escritório de alto nível. Se você é capaz de olhar com olhos de empreendedor, possuirá mais portas abertas. 

Os cursos de direito são formadores técnicos de advogados. Entretanto, por atuar como profissional liberal, o advogado precisa mais do que conhecimento jurídico, precisa despertar em si o empreendedorismo.

No direito, o leque de possibilidades para empreender é muito grande. O advogado pode desenvolver projetos onde o direito é a atividade fim, como é o caso das sociedades e das empresas unipessoais. Pode ainda desenvolver projetos onde o direito seja apenas o meio, como em consultorias, empresas de tecnologia ou outro ramo onde os aspectos jurídicos podem representar uma vantagem estratégica.

Exemplos ligados à tecnologia existem aos montes: arbitranet, acordofacil, publicaçõesonline, os sistemas para ‘advogados correspondentes’ e até bots que atuam como conselheiros jurídicos virtuais. Ferramentas tecnológicas que fazem uso do conhecimento jurídico para entregar um serviço.

O empreendedorismo jurídico como atividade fim ganhou novos horizontes com a possibilidade da abertura de uma sociedade unipessoal. Só na OABMG são cerca de 10 processos de abertura por dia. Você certamente conhece alguém que hoje possui um escritório próprio, uma carteira de clientes e está bastante satisfeito.

Dicas

Dicas para você se tornar um empreendedor de sucesso do ramo jurídico:

E, por fim a dica de ouro:

Toda empresa de sucesso possui uma assessoria contábil de qualidade. Você, porem, não precisa ter profissionais com este perfil em sua empresa. Terceirizando com uma empresa especializada você terá os benefícios de ter acesso a bons profissionais sem perder tempo.

Entre em contato conosco e vamos discutir as suas idéias.

Veja estes links que tratam sobre empreendedorismo na advocacia:

https://www.caamg.org.br/empreendedorismo-na-advocacia/

http://www.pejota.com.br/blog/como-regularizar-um-escritorio-de-advocacia/

10 respostas

  1. Thank you very much for sharing. Your article was very helpful for me to build a paper on gate.io. After reading your article, I think the idea is very good and the creative techniques are also very innovative. However, I have some different opinions, and I will continue to follow your reply.

  2. I may need your help. I’ve been doing research on gate io recently, and I’ve tried a lot of different things. Later, I read your article, and I think your way of writing has given me some innovative ideas, thank you very much.

  3. Reading your article has greatly helped me, and I agree with you. But I still have some questions. Can you help me? I will pay attention to your answer. thank you.

  4. I have read your article carefully and I agree with you very much. This has provided a great help for my thesis writing, and I will seriously improve it. However, I don’t know much about a certain place. Can you help me?

  5. Your article gave me a lot of inspiration, I hope you can explain your point of view in more detail, because I have some doubts, thank you.